Notícias

11/02/2018

Dia de estreia: Sub-20 encara o Libertad-PAR pela Libertadores


Fotos: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

De Montevidéu

Gustavo Aleixo

No histórico gramado da Celeste Olímpica, o azul – também celeste – do Maior de Minas inicia, neste domingo, sua caminhada rumo ao inédito título da Copa Libertadores Sub-20. Pela frente, os comandados do técnico Emerson Ávila terão o Libertad-PAR, em jogo marcado para as 17h30 (de Brasília), no estádio Centenário, em Montevidéu-URU.

Apesar de ser apenas a primeira rodada do certame, o resultado positivo é imprescindível para a equipe cinco estrelas. Atento ao regulamento, que prevê classificação apenas para os três primeiros de cada grupo e o melhor segundo colocado geral, o técnico Emerson Ávila vislumbra unicamente a vitória neste domingo.

“O regulamento deixa a obrigação da vitória. As equipes precisam pensar nos três pontos, já que apenas os três primeiros têm a certeza do avanço às semifinais. Qualquer deslize ou resultado ruim pode custar a classificação. É importante buscar a vitória o tempo inteiro, tentando se prevenir das ações adversárias para que o gol rival não aconteça”, ressaltou.

Para começar a Libertadores com o pé direto, Emerson Ávila entende que alguns cuidados devem ser tomados para que sua equipe neutralize as investidas do adversário paraguaio. De acordo com o comandante, o rival deste domingo possui virtudes comum aos demais times sul-americanos, o que fará a partida ganhar contornos de maior disputa física.

“Os cuidados maiores vêm em relação à questão da competitividade. O sul-americanos jamais se entrega dentro do jogo. Buscam o resultado o tempo inteiro e são muito concentrados nas ações de jogo, disputando cada bola como se fosse uma situação de gol. Além disso, as equipes sul-americanas são muito organizadas taticamente, bem definidas e trabalham o posicionamento de uma maneira bem concretizada. Não só o Libertad, mas todas as demais equipes estarão bem organizadas em campo, competindo com muito vigor”, avaliou Ávila, que comentou sobre o estilo da arbitragem sul-americana.

“Ela deixa o jogo mais solto. Não é comum apitar qualquer situação que pode parecer ser falta. Então, o jogo é mais viril, mais forte, disputado e muitas das ações não são consideradas faltas. A arbitragem deixará correr o jogo na medida do possível. São estes cuidados que temos que estar atentos para não sermos surpreendidos por algo que já temos uma ideia que irá acontecer”, completou.


Ávila espera duelo bastante físico contra o Libertad-PAR

Tabela do Cruzeiro na Libertadores Sub-20

Grupo B
11/02 – Libertad-PAR x Cruzeiro
14/02 – Cruzeiro x La Equidad-COL
17/02 – Cruzeiro x River Plate-URU

(Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o Site Oficial do Cruzeiro como a fonte dainformação.)

 

Shop Cruzeiro

Camisa Retrô

Por R$ 59,90

 

Shop Cruzeiro

Camisa III Cruzeiro/Umbro 17/18

Por: R$239,90
 

Shop Cruzeiro

Camisa Cruzeiro Azul - Réplica

Por R$ 54,90