Faltam
--- Dias
Para o Século I

Notícias

10/08/2018

Fábio elogia postura da equipe e destaca a experiência dos atletas celestes


Fotos: Bruno Haddad/Cruzeiro

Angel Drumond

Com mais uma grande atuação com a camisa estrelada, o goleiro Fábio foi peça fundamental para o Cruzeiro vencer o Flamengo, na primeira partida das oitavas de finais da Conmebol Libertadores. O ídolo da Raposa falou sobre o ótimo papel desempenhado pela defesa, mas fez questão de enaltecer todos os setores em campo, já que a equipe foi muito bem num todo.

“A equipe foi muito bem, não só o sistema defensivo, porque nós agregamos também a recomposição dos jogadores de frente que são cruciais para que a gente, da defesa, possa ter mais tranquilidade, menos espaço para o adversário. Estão todos de parabéns, a defesa trabalhou muito bem e ofensivamente, pela qualidade dos nossos jogadores, com certeza a gente ia criar e fomos felizes nas finalizações”, disse o goleiro.  

Ainda sobre o jogo, Fábio lembra do lance mais difícil para ele, quando o Cruzeiro vencia por 1 a 0 e o Flamengo pressionava com escanteios seguidos. Em um deles, Uribi e Henrique dividiram na primeira trave e a bola tomou a direção do gol, Fábio com muito reflexo, fez a defesa e livrou a Raposa do empate.

“A defesa mais difícil foi a do escanteio, uma cabeçada de curta distância que precisa usar muita a velocidade de reação. Fui feliz e consegui fazer bem a defesa e na sequência o Edilson conseguiu tirar a bola e neutralizar o perigo da jogada”, declarou.

Com boas chances nas competições de mata-mata, já que venceu os jogos de ida, nas casas dos adversários, Santos e Flamengo, pela Copa do Brasil e Libertadores, respectivamente, o Cruzeiro ainda briga de perto no Campeonato Brasileiro. Para Fábio, a Raposa tem uma equipe experiente que saberá disputar todas as competições e que pode chegar a grandes conquistas na temporada.

“Temos uma equipe calejada pela competição que tivemos na Copa do Brasil do ano passado, não era a Libertadores, mas foram grandes confrontos que tivemos para se sagrar campeão. Então isso calejou muito cedo os mais jovens, e dentro disso tudo, o Mano frisa sempre a tranquilidade. Além disso, temos jogadores dentro de campo que já viveram muitas situações, experientes em várias competições, cientes que com a qualidade que a gente tem, se a gente tiver empenho, dedicação e concentração, teremos grandes chances de sair com o resultado positivo em todas as disputas”, falou Fábio.

“No Campeonato Brasileiro você tem a chance de se recuperar ao longo das rodadas, já o mata-mata tem que se ter o máximo de equilíbrio, independente de se jogar a primeira dentro ou fora de casa, o equilíbrio será importante para fazer dois bons jogos e buscar a classificação, concluiu.