Faltam
--- Dias
Para o Século I

Notícias

11/10/2018

Jogadores celebram vantagem no placar e performance no duelo da final no Mineirão


Fotos: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Angel Drumond

Na noite de grande clássico brasileiro pela final da Copa do Brasil, os jogadores do Cruzeiro saíram satisfeitos do confronto diante do Corinthians, com a vitória por 1 a 0, gol marcado por Thiago Neves. O meia falou sobre a vantagem celeste e a dificuldade encontrada pelos companheiros nos primeiros 90 minutos da decisão.

"Essa vantagem é pequena, mas muito importante. Até pelas chances claras de gol, o placar poderia ter sido maior. A gente criou, tentamos. O Cássio fez defesas fantásticas. Lá em São Paulo o jogo será disputado e com muita pressão, vamos precisar usar essa vantagem lá", disse o craque da Raposa.

Egídio, figura importantíssima na primeira partida da decisão, inclusive com a assistência para o gol de Thiago Neves, falou sobre o volume de jogo imposto pelo Cruzeiro. O lateral destacou a procura pelo gol e lamentou o fato de tomar o terceiro cartão amarelo que o tira da finalíssima, na próxima quarta, em São Paulo.

"O nosso volume foi muito bom no jogo. Tivemos várias oportunidades. Fizemos um gol, levamos uma vantagem boa lá. Lá eles não vão ficar assim. Lá vão ter que propor o jogo, vai ser outra partida. O time foi muito bem hoje. Sentimento muito ruim de não jogar o segundo jogo também", declarou o lateral.

O zagueiro Dedé, outro grande nome do jogo, falou sobre a importância da vantagem na primeira partida e sobre o dever tático em campo, quando impediu o Corinthians de criar chances de gol.

"É uma final, qualquer tipo de vantagem é importante. O time deles defendeu bem, tem muita qualidade. Mas foi bom fazer gol e levar essa vantagem para lá", finalizou Dedé.