Notícias

25/01/2013

Maior campeão de juniores do Brasil, Cruzeiro vencia a Copa SP há 6 anos


Equipe campeã da Copa SP de 2007 (Cruzeiro/Divulgação)

Da Sede Administrativa

Cláudio Antonio

Clube com o melhor trabalho nas divisões de base do país, o Cruzeiro é a equipe que conquistou mais títulos nas quatro principais competições de juniores do Brasil. Foi campeão nove vezes, cinco da Taça BH, três do Campeonato Brasileiro e uma da Copa São Paulo, conquista que completa seis anos nesta sexta-feira.

Exatamente no dia 25 de janeiro de 2007, a equipe treinada por Enderson Moreira, atual técnico do time profissional do Goiás, venceu o São Paulo nos pênaltis, por 6 x 5, depois de empate em 1 x 1 no tempo normal, e levantou a taça da 38ª edição da tradicional competição paulista.

O primeiro título da Copa SP veio depois de a Raposa bater na trave duas vezes, já que foi vice-campeã em 1996 e 2002, perdendo a final respectivamente para o América-MG (1 x 2) e Portuguesa (0 x 1). No final de 2007, o Cruzeiro conquistaria também o seu primeiro dos três títulos que tem do Campeonato Brasileiro Sub-20.

Para ser campeã da Copa SP, a Raposa disputou oito jogos, com seis vitórias e dois empates, aproveitamento de 83,3%. Marcou 26 gols e sofreu onze. Teve como artilheiro, o atacante Guilherme, com sete gols.

O time celeste ficou no grupo I, com sede na cidade de Amparo e jogos no estádio José Araújo Cintra. Terminou a primeira fase na primeira colocação da chave com sete pontos, obtidos com duas vitórias e um empate. Na estreia, venceu a Portuguesa, por 2 x 0, e depois goleou o Náutico, da cidade de Boa Vista-RR, por 6 x 0. No terceiro jogo, empatou com o time local, o Amparo, em 1 x 1.

Na segunda fase, a equipe mineira passou pelo Corinthians, com vitória por 3 x 2. Nas oitavas de final, a vítima foi o Vitória, derrotado por 2 x 1. Essas duas partidas foram disputadas no estádio Doutor Hermínio Ometto, em Araras. Nas quartas de final, o Cruzeiro goleou o São José por 6 x 2, no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. Na semifinal, em um duelo de nove gols, o time cinco estrelas fez 5 x 4 no São Bernardo, no estádio Nicolau Alayon, em São Paulo.

Classificado para a decisão, a Raposa empatou com o São Paulo em 1 x 1, no Pacaembu, na capital paulista. O gol da equipe estrelada foi marcado pelo lateral esquerdo Anderson, aos 33 minutos do primeiro tempo. No lance, o jogador recebeu passe de calcanhar do volante Carlos Magno e, da entrada da área, mandou a bomba no ângulo esquerdo do goleiro Jorge Miguel.

O São Paulo empatou com o atacante Thiago, aos 3 minutos da etapa final. A decisão foi para os pênaltis e o Cruzeiro foi campeão, por 6 x 5. As duas equipes acertaram todos os cinco pênaltis cada e, na primeira cobrança alternada do São Paulo, o goleiro Rafael, atualmente na reserva de Fábio, defendeu, com os pés, o chute de Bruno César, no meio do gol. Na sequência, o volante e capitão do Cruzeiro, Paulinho Dias, cobrou com eficiência e garantiu o título para o Cruzeiro.

Os cinco pênaltis iniciais do Cruzeiro foram cobrados e convertidos por Guilherme, Jonathas, Simões, Luiz Fernando e Wellington. Já os do São Paulo foram batidos por Serginho, Léo, Aislan, Jorge Miguel e Eric.

“Com certeza foi um dos títulos mais importantes da minha carreira e por ser o primeiro do Cruzeiro na competição, tem um sabor a mais. Deu uma visibilidade muito grande ao nosso time. Foi muito bom para todos que jogaram aquela copinha, que deu uma valorização muito grande para a base do Cruzeiro, tanto que muitos dos jogadores subiram para os profissionais”, comentou o goleiro Rafael.

“Para minha carreira, ajudou muito na minha projeção. Foi uma coisa maravilhosa. Não só eu, mas cada um que participou daquele título vai recordar para sempre daquela conquista com muito carinho”, finalizou ele.


Goleiro Rafael (Washington Alves/VipComm)

Ficha técnica da final da Copa SP de 2007

CRUZEIRO 1 x 1 SÃO PAULO
Decisão nos pênaltis: Cruzeiro 6 x 5 São Paulo
Motivo: final da 38ª taça São Paulo de Futebol Júnior
Data: 25/01/2007 (quinta-feira)
Horário: 10h
Local: estádio Pacaembu, em São Paulo
Árbitro: Marcelo Alfier (SP)
Público: 17.825 pagantes
Renda: R$ 111.655,00
Gols: Anderson, aos 32 min. do 1º tempo; Thiago, aos 3 min. do 2º tempo
Cruzeiro
Rafael; Aldo (Marcos), Maicon, Wellington e Anderson; Paulinho Dias, Carlos Magno, Carlos (Luiz Fernando) e Vinícius (Simões); Guilherme e Jonathas
Técnico: Enderson Moreira
São Paulo
Jorge Miguel; Jackson, Aislan, Breno e Alex Cazumba; Luan, Serginho, Flávio (Léo Gonçalves) e Allan (Bruno Formigoni); Eric e Thiago (Bruno César)
Técnico: Marcos Vizolli
Cartões Amarelos: Aldo e Jonathas (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Maicon (Cruzeiro)


Campanha do título e artilheiros

1ª fase
Cruzeiro 2 x 0 Portuguesa – gols: Guilherme 2
Náutico-RR 0 x 6 Cruzeiro – gols: Vinícius 2, Guilherme, Márcio, Aldo e Jonathas
Amparo 1 x 1 Cruzeiro – gol: Luiz Fernando

2ª fase
Cruzeiro 3 x 2 Corinthians – gols: Anderson 2 e Guilherme

Oitavas de final
Cruzeiro 2 x 1 Vitória – gols: Jonathas e Vinícius

Quartas de final
Cruzeiro 6 x 2 São José-SP – gols: Guilherme 3, Wellington, Carlos e Pablo

Semifinal
São Bernardo-SP 4 x 5 Cruzeiro – gols: Anderson, Jonathas 3 e Márcio

Final
São Paulo 1 x 1 Cruzeiro (5 x 6 pênaltis) – gol: Anderson


Artilharia celeste na competição

7 gols – Guilherme
5 gols – Jonathas
4 gols – Anderson
3 gols – Vinícius
2 gols – Márcio
1 gol – Aldo, Carlos, Luiz Fernando, Pablo e Wellington


Grupo campeão da Copa SP de 2007

Goleiros – Douglas Borges, Rafael e William
Laterais direitos – Afonso, Marcos e Maurício
Zagueiros – Diego, Josimar, Maicon, Simões e Wellington
Laterais esquerdos – Anderson, Gilton e Cariri
Volantes – Aldo, Carlos, Carlos Magno, Pablo e Paulinho Dias
Meias – Luiz Fernando e Magno
Atacantes – Guilherme, Joabe, Jonathas, Márcio, Vinícius e Wagner
Técnico – Enderson Moreira


Maior vencedor da base brasileira


Time campeão brasileiro sub-20 2012 (Cruzeiro/Divulgação)

A Raposa tem nove títulos juniores e, dos quatro principais torneios da categoria no Brasil, só não foi campeã ainda da Copa do Brasil, competição que começou a ser disputada apenas no ano passado e teve o Vitória como vencedor.

Com nove conquistas, o Cruzeiro supera o Corinthians, que tem oito títulos, todos da Copa São Paulo, e o Atlético-MG, também oito vezes campeão, cinco da Taça BH e três da Copa São Paulo.

Em seguida aparecem quatro equipes com cinco títulos cada, Flamengo, Fluminense, Internacional e São Paulo. O Flamengo foi campeão duas vezes da Copa SP e três da Taça BH, o Fluminense venceu cinco vezes a Copa São Paulo, o Internacional conquistou quatro vezes a competição paulista, além de um título do Brasileiro e o São Paulo tem três títulos da Copa SP e dois da Taça BH.


Veja a lista dos dez maiores campeões juniores do Brasil

9 títulos
Cruzeiro (5 Taças BH, 3 Brasileiros, 1 Copa SP)


8 títulos
Corinthians (8 Copas SP)
Atlético-MG (5 Taças BH, 3 Copas SP)

5 títulos
Flamengo (3 Taças BH, 2 Copas SP)
Fluminense (5 Copas SP)
Internacional (1 Brasileiro, 4 Copas SP)
São Paulo (2 Taças BH, 3 Copas SP)

4 títulos
Grêmio (2 Taças BH, 2 Brasileiros)

3 títulos
América-MG (1 Taça BH, 1 Brasileiro, 1 Copa SP)
Vasco (2 Taças BH, 1 Copa SP)

(Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o Site Oficial do Cruzeiro como a fonte da informação).

Shop Cruzeiro

Camiseta Cruzeiro Réplica 1987

Por R$89,90 ou
3x de R$ 29,97

 

Shop Cruzeiro

Camiseta Cruzeiro Rosas

Por R$54,90
2x de R$27,45

 

Shop Cruzeiro

Mochila Cruzeiro Acolchoada

Por R$119,90
4x de R$29,98