menu

30/08/2017 00:54

Prestes a completar cem jogos pelo Clube, Mano agradece ao torcedor

Prestes a completar cem jogos pelo Clube, Mano agradece ao torcedor

Da redação

Angel Drumond

Nesta quarta-feira, quando o juiz Paulo Roberto Alves Júnior apitar o final da partida entre Cruzeiro e Grêmio, válida pelas quartas de final da Copa da Primeira Liga, Mano Menezes terá completado seu centésimo jogo como treinador da equipe estrelada.

Nas duas passagens pela Toca da Raposa II, o técnico celeste acumula 99 jogos, com 49 vitórias, 29 empates e 21 derrotas. A equipe, sob seu comando, marcou 153 gols e sofreu 87.

Prestes a atingir a marca histórica, o treinador fez questão de agradecer a oportunidade e o apoio do torcedor cruzeirense. Mano Menezes falou do prestígio de ser o comandante de uma equipe tão vencedora e prometeu muito trabalho para manter o time celeste no patamar que deseja sua imensa torcida.

“Quero agradecer ao torcedor do Cruzeiro pela oportunidade de dirigir um clube tão vencedor no futebol internacional durante cem partidas. Só o fato de dirigir o Cruzeiro já é um grande orgulho, imagina completar cem jogos em uma profissão em que o técnico tem muita dificuldade de dar sequencia ao trabalho. Obrigado pela confiança! E quero dizer que vou trabalhar todos os dias, enquanto estiver aqui, para que as coisas andem bem e vocês torcedores tenham muita satisfação de ver o Cruzeiro jogar dirigido por mim”, agradeceu o treinador celeste.

Início da trajetória no comando da Raposa

O técnico chegou ao Clube em setembro de 2015 e sua estreia não poderia ter sido melhor. Aquele gigante que havia conquistado os últimos dois campeonatos nacionais estava na 16ª colocação e uma resposta no Brasileirão daquele ano era o principal objetivo para Mano Menezes.

Em seu primeiro jogo à beira do gramado o Cruzeiro venceu o Figueirense com uma sonora goleada de 5 a 1. A rodada 23 marcava o início da reação celeste na competição nacional.

Com oito vitórias, seis empates e apenas duas derrotas em 16 jogos, Mano colocou o Cruzeiro na oitava colocação da Série A, com 55 pontos. Foram 27 gols marcados pela sua equipe e 13 sofridos. Com 62,5% de aproveitamento, o treinador fechou, em dezembro daquele ano, seu primeiro ciclo pela Toca da Raposa II.

Regresso ao Cruzeiro em 2016

Após uma passagem pelo Shandong Luneng, da China, Mano Menezes voltou ao Maior de Minas em julho de 2016. O Cruzeiro estava na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e o treinador, mais uma vez, repetiu o bom trabalho no comando da equipe, e terminou a competição com uma vaga na Copa Sul-Americana, além de levar o time celeste a disputar a semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio. 

Em 2016, o treinador cruzeirense comandou a equipe em 28 oportunidades. Foram 13 vitórias, sete empates e oito derrotas, com 40 gols marcados e 30 sofridos.

Temporada 2017

Em 2017, Mano Menezes, que é o mais longevo da Série A no momento, teve a chance de iniciar o trabalho desde a pré-temporada, montando a equipe em busca das principais disputas do ano. Atualmente, a Raposa disputa três competições e luta pelo pentacampeonato da Copa do Brasil, já que está na final da competição e terá pela frente o Flamengo, em um tradicional clássico nacional.

Além disso, o Cruzeiro disputa também as quartas de final da Copa da Primeira Liga e terá pela frente o Grêmio, justamente no jogo 100 de Mano. O Maior de Minas ainda figura na sexta posição do Campeonato Brasileiro, colocação que garante vaga para a Copa Libertadores de 2018. Neste ano, Mano dirigiu a equipe em 55 partidas, obtendo 28 vitórias, 16 empates e 11 derrotas.

Números por temporada:

2015
Jogos: 16
Vitórias: 8
Empates: 6
Derrotas: 2
Gols marcados: 27
Gols sofridos: 13

2016
Jogos: 28
Vitórias: 13
Empates: 7
Derrotas: 8
Gols marcados: 40
Gols sofridos: 30

2017
Jogos: 55
Vitórias: 28
Empates: 16
Derrotas: 11
Gols marcados: 86
Gols sofridos: 44



Jogos por competição:
Campeonato Brasileiro: 60 jogos (26 vitórias, 19 empates e 15 derrotas)
Copa do Brasil: 18 jogos (10 vitórias, 4 empates e 4 derrotas)
Campeonato Mineiro: 15 jogos (9 vitórias, 5 empates e 1 derrota)
Copa Sul-Americana: 2 jogos (1 vitória e 1 derrota)
Primeira Liga: 3 jogos (2 vitórias e 1 empate)
Amistoso: 1 jogo (1 vitória)

Jogos no Mineirão:
2015:
9 jogos (6 vitórias, 3 empates e 0 derrotas – 20 gols marcados e 5 sofridos)
2016: 12 jogos (7 vitórias, 3 empates e 2 derrotas – 20 gols marcados e 13 sofridos)
2017: 28 jogos (18 vitórias, 8 empates e 2 derrotas – 46 gols marcados e 17 sofridos)
Total: 49 jogos (31 vitórias, 14 empates e 4 derrotas – 86 gols marcados e 35 sofridos)

Veja imagens marcantes do treinador no comando do Maior de Minas:

Fotos: Washington Alves/Marcello Zambrana/Eduardo Valente/Mauricio Farias/Rudy Trindade/Léo Caldas/ Lightpress/Cruzeiro Divulgação