menu

11/06/2019 20:05

Dedé prega respeito ao Fortaleza, mas garante que time celeste está com confiança renovada

- Alisson Guimarães

Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Em solo cearense, o Cruzeiro encerrou no CT do Floresta, na tarde desta terça-feira, a preparação para o último jogo antes da parada para a Copa América. Nesta quarta, a Raposa terá pela frente o Fortaleza, no estádio Castelão, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro, partida que o zagueiro Dedé acredita que será bastante difícil.

O defensor estrelado pregou respeito ao time da casa, mas garantiu que, mesmo acumulando um jejum de vitórias, o Cruzeiro está retomando a confiança para buscar os três pontos fora de casa.

“Acho que nossa confiança deu uma melhorada, nossa autoestima deu uma subida. Sabemos das dificuldades de se jogar aqui contra o Fortaleza, sabemos da pressão em cima da gente, que também está sendo muito grande, por esse tempo sem vencer uma partida. Os últimos jogos, apesar dos empates, foram muito bons. Contra o São Paulo mostramos um jogo diferente, em que poderíamos ter saído com a vitória. Por detalhes não saímos. Contra o Corinthians, o próprio goleiro deles foi o destaque do jogo. Contra o Fluminense, um torneio diferente, ainda mais que tomamos um gol antes, foi um jogo mais exposto. No Brasileiro, estamos há muito tempo sem vencer fora de casa. Então, esse jogo será muito importante para depois termos a parada da Copa América, trabalharmos mais tranquilos, e voltarmos bem melhores do que foi nesse período de maio e começo de junho”, avaliou o camisa 26.

Na opinião de Dedé, o rendimento do time cinco estrelas melhorou substancialmente nas últimas três partidas, o que credencia ao Cruzeiro a chance de retomar o caminho das vitórias nesta quarta-feira.

“A gente analisa que falta a vitória, porque não foram por jogos ruins. Se tivéssemos vencido São Paulo e Corinthians, colocariam este como dois dos melhores jogos do ano. Nossa equipe soube jogar bem, envolver, principalmente contra o Corinthians. Faltou o detalhe da bola entrar. Uma vitória dá tranquilidade, moral. Mas pela situação que vínhamos, tomando bastante gols, derrota em casa contra a Chapecoense, acho que esses empates, pela forma que jogamos, nos dá uma sabedoria do que podemos produzir e nos dá mais confiança”, destacou.

Experiente em jogos de Campeonato Brasileiro, Dedé também teceu elogios ao Fortaleza, que vem apresentando grandes feitos sobre o comando do técnico Rogério Ceni.

“Muito respeito ao Fortaleza. Vamos entrar com muita confiança, mas também sabendo das dificuldades. Vai ser jogo grande pra gente, muito importante. O fator casa para o Fortaleza, sabemos que independente da situação, o torcedor sempre empurra o time. Teremos que lidar com isso, jogar com essa pressão, mas nosso time é um time maduro e vai saber jogar contra isso”, projetou.

O jogo entre Fortaleza x Cruzeiro, no Castelão, terá início às 21h.


Treino do Cruzeiro - 11/06/2019

Notícias Relacionadas