menu

10/02/2015 20:24

Paulo André é apresentado e promete lutar pelos títulos

Paulo André é apresentado e promete lutar pelos títulos


Fotos:Washington Alves/Lightpress

Da Toca II

Angel Drumond

O zagueiro Paulo André, de 31 anos, foi apresentado, de forma oficial, na tarde desta terça-feira na Toca da Rapoisa II. O novo reforço celeste para a defesa falou sobre a oportunidade de defender as cores do Tetracampeão Brasileiro.

"Acho que o Cruzeiro nos dois últimos anos praticou o melhor futebol do Brasil, estilo que não víamos mais. Isso acabou me chamando atenção. Quando recebi proposta, me senti muito orgulhoso. Não poderia deixar oportunidade passar. Tenho 31 anos e seria uma ótima oportunidade de disputar títulos. Sabia que viria para um lugar que vai brigar por títulos que disputar", disse o novo xerife da zaga cruzeirense.

O jogador falou sobre suas características quando está em campo e também sobre a oportunidade de disputar mais uma Libertadores na sua carreira. Paulo André, que pediu um tempo para entrar no rítmo dos demais atletas,  fez questão de enfatizar o sonho do Tricampeonato pela Raposa.

"Falo bastante em campo, venho para contribuir com jogadores que estão aqui, que têm de ser valorizados. Se puder contribuir de alguma forma, estarei à disposição do Marcelo. Hoje ainda não tenho condições de jogo. Fiquei mais tempo parado. Acredito que vou aproveitar o jogo amanhã e depois só daqui 10 dias. Vou trabalhar forte para a próxima semana estar à disposição. Todo mundo gosta de jogar a Libertadores, é o principal torneio do continente. O Cruzeiro busca o tricampeonato e temos essa ambição também. Conheço bem a competição também. É com mais pegada, competição ímpar, não há margem para erro. Você não pode se expor tanto, principalmente fora de casa. Nesse ponto, experiência vale bastante", falou o zagueiro.

Paulo André chegou ao Cruzeiro e viu de perto a reformulação do elenco para a temporada 2015. Mesmo diante das mudanças, o novo zagueiro do Maior de Minas fez elogios aos novos contratados e principalmente ao treinador Marcelo Oliveira.

"Saíram principais jogadores de ataque. Nossa função aqui e da torcida também é apoiar quem está chegando. Marcelo (Oliveira) é competente, vamos de fazer tudo para que time se encaixe. Talvez as características dos jogadores sejam diferentes, mas o time continua competitivo. Tenho comigo que conquistar títulos é mais questão de mentalidade do que personagens e funções isoladas", findou.

(Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o Site Oficial do Cruzeiro como a fonte da informação.)