menu

10/01/2019 17:39

Feliz pela oportunidade no Cruzeiro, Renato Kayzer fala de sua expectativa para 2019

- Angel Drumond

Foto: Vinnicius Silva

Depois do excelente Campeonato Brasileiro feito por Renato Kayzer, atuando no Atletico-GO, o Cruzeiro requisitou a apresentação do atacante na Toca da Raposa II e ele será mais uma opção para o técnico Mano Menezes na temporada 2019.

Renato, de 22 anos, atuou em 33 partidas da série B e marcou sete gols, despertando interesse em várias equipes do Brasil e outras internacionais. O jogador foi adquirido após o Campeonato Mineiro de 2018, vencido pelo Cruzeiro, quando se destacou pela equipe do Tupi, de Juiz de Fora.

Renato Kayzer falou do sentimento de vestir a camisa do Cruzeiro, fez elogios ao ídolo de infância e agradeceu a oportunidade aos envolvidos.

“É uma honra vestir a camisa onde meu ídolo começou no futebol, Ronaldo. Quando recebi a notícia que ia ser aproveitado aqui fiquei muito feliz. Estava viajando com minha mulher e filho e até pedi um tempo para eles para adquirir e colocar essa noticia dentro de mim. Foi a melhor notícia em 2018. Só tenho a agradecer a confiança e espero retribuir à altura. Espero dar o meu melhor aqui e ajudar”, declarou.

Com a missão de fazer os gols ou assistir os companheiros de ataque, Renato garante que o foco é ajudar o Cruzeiro sempre a vencer. Segundo o atacante, o Cruzeiro tem ótimos nomes para o setor, e todos com a função de contribuir na busca pelos três pontos.

“Não importa quem faça o gol, o que importa é dar os três pontos para o clube. Se for eu, Rafinha, Barcos, Sassá, Fred, tantos atacantes bons que tem aqui, o que mais importante é o time sair vencedor. O importante é dar o máximo nos treinos para obter as chances nos jogos. Esperei muito por este momento, assisti aos jogos do Cruzeiro no ano passado, pois já me sentia no time. Agora, ainda mais, pois estou ao lado de ídolos”, falou Kayzer.

Sobre a sua preferência de posição no ataque celeste, Renato lembrou que no Atlético-GO, seu último clube, jogou em todas, tanto pelos lados como centralizado. Segundo ele, onde o técnico Mano Menezes achar melhor ele estará apto para atuar.

“No Atlético-GO eu joguei em todas as posições. Mas me destaquei mais pela ponta esquerda e meia centralizado. Onde o Mano preferir, estarei pronto para ajudar. Ter uma sequência de jogos é importante para ganhar confiança e ritmo. E quero ajudar o ano todo, em todas as competições”, finalizou.

Renato Kayzer na Toca II - Foto: Vinnicius Silva