menu

20/05/2019 15:36

Tranquilidade e pés no chão são as palavras de ordem na equipe feminina do Cruzeiro

- Rodolfo Rodrigues

Foto: Igor Sales/Cruzeiro

Não entrar em campo pensando na vantagem adquirida na primeira partida, em Belém, na semana passada, quando venceram o Pinheirense-PA, por 4 x 1. Este é o pensamento do elenco cruzeirense para o duelo de volta, que acontece na próxima quarta-feira, 22, às 19h30, no estádio das Alterosas, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte.

A equipe celeste avança para as quartas de final, do Campeonato Brasileiro Feminino A-2, mesmo se sofrer um revés de dois gols de diferença. Uma derrota por três gols leva a disputa da vaga para a cobrança de pênaltis. Para este duelo, o técnico Hoffmann Túlio será obrigado a mexer na equipe, já que perdeu a meio-campista Duda e a atacante Vanessa, suspensas.

O comandante celeste ainda não confirmou as substitutas, mas uma das opções ofensivas é a atacante Paloma Merlo. Segundo a atleta, é preciso manter a calma e saber jogar para garantir a vaga entre as oito equipes finalistas da competição.

“Temos que entrar em campo com tranquilidade e pés no chão. Estamos trabalhando duro para este jogo. Treinamos até no domingo pensando na decisão. Independente da vitória lá, temos que dar o máximo para vencermos aqui. Se não sofremos gols, estamos classificadas. Caso eu comece a partida, vou dar meu máximo para ajudar a equipe”, disse a atacante, que também frisou a importância do apoio da torcida.

“Jogando em casa temos o apoio do torcedor. É um incentivo a mais para o grupo. Ganhamos todas as partidas aqui, e agora não pode ser diferente”, completou.

Titular nas duas últimas partidas, a lateral direita Isa Leone também tem o mesmo pensamento. Para ela, mesmo com um placar elástico no jogo de ida, não tem nada definido ainda.

“Em primeiro lugar é manter os pés no chão. Não tem nada ganho. Sabemos que o futebol dá muitas voltas e elas virão com o brio diferente. Estamos treinando para não sofremos no jogo. Lá tivemos alguns momentos de perigo. É preciso ter tranquilidade, temos uma grande vantagem, mas é preciso dar o nosso melhor para sairmos com a classificação. Gostaria de convocar a Nação Azul, porque com o apoio deles tudo se torna mais fácil”, comentou.

Paloma é uma das cotadas para iniciar o jogo - Foto: Igor Sales/Cruzeiro
Isa Leone prega tranquilidade e pés no chão - Foto: Igor Sales/Cruzeiro

Notícias Relacionadas