menu

11/09/2019 14:54

Destaque do Cruzeiro na temporada, meia Duda será homenageada no CineFoot em Belo Horizonte

- Alisson Guimarães

Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Tem início nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, a 10ª edição do CineFoot, único festival de cinema de futebol do Brasil, que exibirá até o próximo domingo, 15 de setembro, cerca de 30 filmes, entre curtas e longas-metragens, de 13 países, com programações de atividades no Cine Belas Artes, Memorial Minas Gerais Vale e no Mineirão.

Além das mostras competitivas, algumas figuras que possuem envolvimento direto com o futebol em Minas Gerais serão homenageadas. Entre elas está Duda, jovem atleta do Cruzeiro, que foi um dos grandes destaques do Campeonato Brasileiro Feminino A2 e atualmente faz parte do elenco da Seleção Brasileira Sub-20.

Coordenadora do CineFoot em Minas Gerais, Daniela Fernandes, única mulher latina americana a integrar a FICTS – Federation Internacionale Cinema Television Sportifs em Milão, na Itália, destaca que esta é uma edição histórica para o evento, que acontece pela décima vez consecutiva, coincidindo com a representatividade da camisa 10 no futebol.

“Estamos entrando em campo muito orgulhosos dessas dez edições contínuas unindo duas grandes paixões, que são cinema e futebol. Temos muito orgulho, pela primeira vez neste ano tão simbólico com a Copa do Mundo de futebol feminino, de escolher a Duda como a nossa camisa 10. É a primeira mulher, jogadora, homenageada no CineFoot. A escolha por ela é muito simbólica neste momento em que estamos falando tanto na questão de igualdade de gêneros no futebol”, ressalta Daniela.

“Ela é uma menina que só tem 18 anos, mas é muito aguerrida. Ela expressa muito o que queremos para o futebol feminino. Para nós é motivo de muito orgulho. Simbolicamente ela nos representa muito, ainda mais nesta edição histórica”, complementa.

Feliz com a homenagem, Duda, que está no Rio de Janeiro servindo à Seleção Brasileira Sub-20, dividiu os méritos da conquista com suas parceiras de time e citou a importância da abordagem que o evento está oferecendo ao futebol feminino.

“Gostaria de agradecer muito ao CineFoot pela oportunidade de ser homenageada. Acredito que seja mais uma porta se abrindo para essa nova geração. Estou muito satisfeita e feliz, e quero agradecer a todos de coração, especialmente às minhas companheiras de time e ao Cruzeiro, que dá todo suporte ao projeto do futebol feminino. Estou muito feliz. Se Deus abençoar, as coisas vão melhorar cada vez mais para o futebol feminino, juntamente à igualdade de gênero, que é uma das principais causas que estão sendo abordadas pelo CineFoot”, pontuou a camisa 10 das Cabulosas.

Duda e Daniela Fernandes, coordenadora do CineFoot - Foto: Divulgação

Filme com temática sobre o Cruzeiro será exibido

Entre os 30 filmes selecionados para a mostra do CineFoot em BH está “Azul Escuro”, curta-metragem que conta a história do Sr. Mário Lúcio Carvalho, um cruzeirense que vive no município de Novo Airão-AM, em meio à Floresta Amazônica, e que mesmo com sua deficiência visual mantém sua paixão pela Raposa.

O filme será exibido na sexta-feira, 13 de setembro, às 21h, na Sessão 4 da Mostra Competitiva no Cine Belas Artes, junto com a produção “La Superball”.

“Em BH, vamos exibir 30 filmes de 13 países e o único representante mineiro é o Azul Escuro. É um motivo de muito orgulho. Ficamos sabendo que a curadoria que fizemos para Milão, no FICTS, foi aceita. Então, vamos levar essa produção sobre o Cruzeiro para a federação na Itália. Estamos muito felizes por este ser um ano do Cruzeiro no CineFoot”, exaltou a coordenadora Daniela Fernandes.

A abertura do CineFoot será nesta quarta-feira, às 19h, no Cine Belas Artes (Rua Gonçalves Dias, 1581), com entrada gratuita. Haverá a exibição, às 19h30, do filme “A Copa dos Trabalhadores”.

A programação completa pode ser conferida no site do CineFoot.

Notícias Relacionadas