menu

02/11/2019 17:20

Sub-14 joga bem, vence no tempo normal, mas é superado na disputa de pênaltis.

- Rodolfo Rodrigues

Foto: Igor Sales/Cruzeiro

Mesmo jogando um bom futebol e dominando toda a partida, a equipe Sub-14 do Cruzeiro foi superada na disputa de pênaltis, na tarde deste sábado, em Vespasiano, no jogo de volta da final do Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG. No tempo normal, a Raposa venceu por 1 a 0, gol do atacante Robert, que terminou a competição como artilheiro com seis gols. O adversário havia vencido o primeiro duelo por 2 a 1.

Logos aos seis minutos, Thiago tocou para Davi, o centroavante ajeitou o corpo e bateu para a defesa do goleiro. Aos 16, o Cruzeiro tramou boa jogada pela direita, Guilherme passou para Thiago que mandou forte para o gol, mas a bola passou raspando a trave.

Aos 27, Guilherme cobrou escanteio e Antonny cabeceou forte na trave.

Na volta do intervalo, logo aos seis minutos, Robert roubou a bola da defesa e abriu o placar: 1 a 0. O segundo quase saiu aos 14. Thiago lançou para Davi que tocou por cima do goleiro, mas a bola passou com perigo.

Aos 16, Amilton mandou para Robert que buscou o ângulo, e a bola tirou tinta do travessão. Aos 27, aconteceu o único lance de perigo do adversário, pênalti marcado que foi cobrando para fora.

Com o placar final de 1 a 0 para o Cruzeiro, a partida foi para a disputa de penalidade, e o Cruzeiro foi superado por 4 a 2. Leandro Guerreiro escalou o Cruzeiro dá seguinte maneira: Otávio, Isaias, Antonny, Werneck e Allan; Amilton (Conrado), João Roberto e Guilherme; Thiago, Robert e Davi (Luan). 

Notícias Relacionadas