menu

10/11/2019 19:13

Cruzeiro empata o clássico mineiro e chega ao 10º jogo seguido de invencibilidade no Campeonato Brasileiro

- Cláudio Antonio

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Em uma partida bastante disputada, o Cruzeiro esteve mais próximo da vitória que o adversário, mas não conseguiu marcar e empatou em 0 x 0 com o Atlético-MG, na tarde deste domingo, no Mineirão, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A Raposa, que aumentou sua série invicta para dez partidas consecutivas, volta a campo contra o Avaí somente daqui a oito dias, no dia 18 de novembro, segunda-feira, às 20h, novamente no Gigante da Pampulha.

O jogo

Atual campeão mineiro, o time celeste começou muito bem no jogo, buscando o ataque a todo instante e sufocando o adversário, que jogava todo recuado, tentando segurar o empate ou surpreender o atual campeão mineiro nos contra-ataques.

O colombiano Orejuela protagonizou o primeiro lance ofensivo de perigo da Raposa, em um chute de fora da área, que desviou em Réver e saiu à linha de fundo.

Pouco tempo depois, Marquinhos Gabriel fez grande jogada pela direita e cruzou para a área. Fred fez o corta-luz e deixou a bola para Thiago Neves, que chutou colocado, com muito perigo, à direita do gol de Cleiton.

O Cruzeiro seguiu comandando as ações e buscando a vitória, como na finalização de Robinho, que tentou se aproveitar de saída errada de Cleiton, mas finalizou acima do gol do adversário.

Acuado, o Atlético-MG só conseguiu chutar a gol pela primeira vez aos 22 minutos, com Cazares, de fora da área, à esquerda do gol de Fábio.

O lance animou o adversário, que deu um susto no goleiro Fábio em um chute de Fábio Santos, que resvalou em Cacá, bateu na trave e saiu à linha de fundo.

O Cruzeiro ainda teve mais duas oportunidades para abrir o marcador no primeiro tempo, em falta cobrada por Thiago Neves e finalização de Fred, ambas com muito perigo para fora.

Igualdade

A Raposa começou bem também na etapa final e quase marcou logo no primeiro ataque, em chute de Éderson da entrada da área, acima do gol.

Aos 6 minutos, quase uma repetição do lance anterior, que culminou com outro chute de Éderson, da fora da área. A bola desviou na zaga e saiu para escanteio.

O Atlético-MG segurou o ímpeto inicial do Cruzeiro e encaixou melhor a marcação, dificultando a criação das jogadas ofensivas cinco estrelas.

Sem muitos espaços para atacar, o Cruzeiro passou a tocar mais a bola, em busca de brechas na defesa e conseguiu criar clara chance para marcar, em cabeceio de Fred, após cruzamento preciso de David, mas Cleiton fez importante defesa.

A outra boa oportunidade de gol do Cruzeiro no segundo tempo foi com David. O atacante recebeu a bola na entrada da área e soltou uma bomba, mas também parou em outra defesa do goleiro adversário, que conseguiu evitar a vitória do Cruzeiro.

Thiago Neves - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

CRUZEIRO 0 X 0 ATLÉTICO-MG
Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 13/10/2019 (domingo)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima-RS (CBF-AB)
VAR: Daniel Nobre Bins-RS (CBF-AB)
Público: 37.844 pagantes / 43.205 presentes
Renda: R$ 1.165.329,00
Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno e Dodô; Henrique, Éderson, Robinho (Pedro Rocha) e Marquinhos Gabriel (David); Thiago Neves (Ezequiel) e Fred
Técnico: Abel Braga
Atlético-MG: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver, e Fábio Santos; José Welison, Ramón Martínez (Marquinhos), Luan e Cazares (Bruninho); Otero e Di Santo (Ricardo Oliveira)
Técnico: Vagner Mancini
Cartões amarelos: Daniel Felix e Fábio Santos (Atlético-MG); Henrique (Cruzeiro)

Pedro Rocha - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Notícias Relacionadas