menu

30/01/2020 17:02

Nomeada nessa quarta, Comissão de Ética e Disciplina do Cruzeiro fiscalizará eleições e as condutas no Clube

Foto: Divulgação/Cruzeiro

O presidente em exercício do Cruzeiro Esporte Clube, José Dalai Rocha, e o vice-presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Roberto Sifuentes, constituíram nessa quinta-feira, 29/01, a nova Comissão de Ética e Disciplina, que tem o objetivo de manter a ordem, disciplina e o bom convívio dentro do Clube, além de fiscalizar procedimentos da instituição, como as eleições.

Entre as funções e prerrogativas da Comissão de Ética e Disciplina estão a fiscalização da propaganda e o processo eleitoral, para convocar, ouvir e inquirir candidatos e representantes de chapa e, se constatado quebra de decoro, de disciplina ou transgressão de norma estatutária ou regulamentar, a aplicação de penalidades. A comissão também deve se manter em contato com a rotina do Clube e de seus associados, apurando e analisando o seu desenvolvimento. Ela deve receber as denúncias, tanto de funcionários quando de sócios, e instaurar os procedimentos para apuração das condutas e eventuais violações.

Os novos membros são os conselheiros Gustavo Gatti, que também faz parte do Núcleo Dirigente Transitório, Antônio Carlos Santana, Paulo Sávio Cunha Guimarães, Valter Batista Teixeira e Celso Luiz Chimbida. Os suplentes são Othon Gervásio Filho, Ercílio Silva Ferreira, Suely de Matos Porto, Nélio Lopes e Ricardo Antônio Maia.

Gustavo Gatti explicou sobre a atuação da comissão. “Esta comissão é prevista no Estatuto e também no Compliance, no novo Código de Ética e Conduta do Clube. Sempre que algum associado, conselheiro, ou funcionário, se sentir incomodado por alguma situação no Clube, a pessoa pode fazer uma representação à Comissão de Ética e Disciplina, sobre alguma conduta, sobre algo que considere que prejudique a normalidade do Clube. Será feito nos próximos dias um comunicado a todos os associados e conselheiros, sobre a atuação da comissão de ética. E quem tiver alguma reclamação, denúncia, que tenha como fazer uma sustentação, vai encontrar um espaço em que pode se manifestar, solicitando uma apuração dos fatos”, afirmou Gatti

Notícias Relacionadas