menu

06/07/2020 12:44

Rogério Micale reforça a intenção de formar atletas e equipes ofensivas, respeitando a história do Cruzeiro

- Cláudio Antonio

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Campeão Olímpico em 2016 com a seleção brasileira sub-23, o técnico do time sub-20 do Cruzeiro Rogério Micale destacou a intenção de formar jogadores e equipes ofensivas na base cinco estrelas, respeitando a maneira histórica de o Cruzeiro jogar.

“Eu tenho muito o DNA do Clube, um time propositivo, um time que gosta de ter a bola, um time que busca a ofensividade, independente de adversário. A gente vai sempre tentar isso. É essa a nossa cara, esse é o DNA, essa é a história do Cruzeiro”, disse ele.

“Todas as vezes que e gente vê um time do Cruzeiro jogar, os grandes jogos, sempre foi um time que se impôs e é isso que a gente quer para o nosso time, para a formação dos nossos atletas. Atletas que saibam propor o jogo, vai ser um time propositivo. É dentro dessa filosofia que a gente vai tentar implantar,  com jogadores com essas características para subirem para o profissional”, completou.

Rogério Micale comentou ainda sobre o grande entendimento entre ele e o técnico dos profissionais Enderson Moreira, que será muito importante para que o Clube possa atingir seus objetivos na temporada.

“É um amigo pessoal. A gente é praticamente da mesma geração de treinadores e nos enfrentamos muitas vezes nos caminhos do futebol. Com certeza vai ser um baita de um crescimento estarmos juntos. A conversa flui melhor pela amizade que nós temos e quem vai ganhar com isso é o Cruzeiro, por ter profissionais linkados quase que semanalmente. O Enderson é um cara que tem uma visão espetacular do futebol, tem um histórico muito bom e o Cruzeiro tem tudo para retornar para a Série A no ano do nosso centenário”, declarou.

Micale, Drubscky e Enderson Moreira - Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Notícias Relacionadas