menu

10/08/2020 11:46

Um dos protagonistas do jogo do fim de semana, Jean comemora gol que garantiu vitória do Cruzeiro

- Lucas Leite

Ele entrou no decorrer do segundo tempo substituindo Maurício. No entanto, quando pisou no gramado aos 34 minutos da etapa final, Jean não sabia que pouco tempo depois sua estrela brilharia e faria do volante um dos protagonistas da vitória do Cruzeiro por 2 a 1 sobre o Botafogo-SP no último sábado, no Mineirão.

Com uma bela assistência de Welinton, Jean deixou o Cruzeiro novamente na frente do adversário apenas dois minutos depois da Raposa sofrer o empate. Autor do gol do triunfo celeste, o dono da camisa 28 não considerou o tento anotado como um ato de sorte ou predestinação, mas sim fruto de muito trabalho e dedicação dele e de todo o elenco azul e branco.

“Um gol maravilhoso, não só pelo gol em si, mas principalmente porque nos deu a vitória e diminuiu um pouco do prejuízo que temos. Menos três pontos para a gente correr atrás e se Deus quiser, o quanto antes, vamos zerar essa pontuação (negativa) para que possamos somar pontos e buscar o nosso maior objetivo. Já vou até guardar a camiseta, escrever nela que foi o meu primeiro gol (no Cruzeiro), para ficar guardada para sempre”, comentou.

Com 34 anos, Jean é um dos atletas mais experientes do plantel celeste. Ele conhece bem as dificuldades que cada partida pode apresentar e chama a atenção para os compromissos complexos que o Cruzeiro terá pela frente no Campeonato Brasileiro da Série B.

“São jogos pegados, com briga o tempo todo pela bola, além de disputas físicas, faltas para interromper jogadas de contra-ataque. Série B é isso. Já tinha buscado informações sobre o campeonato e vamos nos adaptando jogo a jogo, esperando sempre jogos mais tensos do que normalmente é na Série A”, ressaltou.

Confira a entrevista completa com Jean:

Notícias Relacionadas