menu

11/08/2020 23:02

Cruzeiro bate o Guarani de virada em Campinas, vence a quinta partida consecutiva e tem a melhor campanha da competição

- Cláudio Antonio

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Demonstrando mais uma vez um grande poder de reação, o Cruzeiro derrotou o Guarani, de virada, por 3 x 2, na noite desta terça-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com a vitória, a quinta consecutiva sob o comando do técnico Enderson Moreira e a segunda na competição, a Raposa se tornou a equipe com a melhor campanha e o melhor ataque da Série B, com cinco gols marcados. 

Régis, Marcelo Moreno, de pênalti, e Léo marcaram os gols do triunfo do time cinco estrelas, que volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O jogo

O confronto começou a mil por hora e o time local abriu o marcador logo aos 3 minutos, em um chute de Waguininho, pela esquerda, no ângulo de Fábio, sem chance alguma para o goleiro cinco estrelas.

A Raposa não se abateu e empatou três minutos depois, num belo lance iniciado por Jadsom. O jovem volante celeste lançou Marcelo Moreno, que cruzou na medida para Régis empatar.

Melhor em campo, o Cruzeiro partiu para a virada e quase conseguiu, em um chute do zagueiro Cacá, acima do gol, após ajeitada de cabeça de Geovanni.

Aos 27, Maurício recebeu lançamento pela esquerda, invadiu a grande área e foi derrubado pelo lateral direito Pablo. Pênalti, que Marcelo Moreno cobrou com categoria e converteu. É a virada da Raposa. 2 x 1.

A equipe da casa tentou a reação nos instantes finais do primeiro tempo, rondou a área celeste em algumas ocasiões, mas não conseguiu oferecer perigo ao gol de Fábio.

Segundo tempo

O Cruzeiro manteve o ímpeto no início da etapa final e esteve muito próximo de ampliar, aos 5 minutos, em uma finalização de Giovanni, que explodiu no zagueiro Bruno Silva. No rebote, Jean chutou e a zaga voltou a cortar.

Atrás no marcador, o time paulista se arriscou mais no ataque e chegou com perigo em chutes de Didi e Waguininho, ambos acima do gol.

Aos 27, Bidu cobrou falta, Todinho desviou de cabeça e Didi, em impedimento, marcou, empatando a partida novamente.

Mas, dois minutos depois, como aconteceu no primeiro tempo e também na vitória sobre o Botafogo-SP, no último sábado, o Cruzeiro mostrou um poder de reação imediato e ficou novamente à frente no placar, com um gol de cabeça de Léo, após escanteio cobrado pelo paraguaio Cáceres. Raposa 3 x 2.

O Guarani se mandou com tudo para o ataque, mas teve dificuldades para transpor a defesa da Raposa e só fez Fábio trabalhar mais uma vez em um cabeceio de Rafael Costa, que o goleiro cinco estrelas defendeu com segurança.

Marcelo Moreno - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

GUARANI 2 X 3 CRUZEIRO
Motivo: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro – Série B
Data: 11/08/2020 (terça-feira)
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior-AM (CBF-AB)
Gols: Waguininho, aos 3 min., Régis, aos 6 min., e Marcelo Moreno, aos 29 min. do 1º tempo; Didi, aos 27 min., e Léo, aos 29 min. do 2º tempo
Guarani: Jefferson; Pablo, Didi, Bruno Silva e Bidu; Deivid (Eduardo Person), Arthur Rezende (Giovanny) e Lucas Crispim; Bruno Sávio, Júnior Todinho (Rafael Costa) e Waguininho
Técnico: Thiago Carpini
Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Cacá, Léo e Giovanni (João Lucas); Jadsom (Welinton), Ariel Cabral, Jean, Régis (Claudinho) e Maurício (Riquelmo); Marcelo Moreno (Thiago)
Técnico: Enderson Moreira
Cartões amarelos: Régis, Marcelo Moreno e Enderson Moreira (Cruzeiro); Thiago Carpini, Bruno Silva e Pablo (Guarani)


Guarani x Cruzeiro - 11/08/2020

Notícias Relacionadas