menu

21/12/2020 16:30

Time feminino do Cruzeiro confirma renovação com as jogadoras Duda e Vanessinha

O time feminino do Cruzeiro já começou a montagem de seu elenco para a temporada 2021. E um dos primeiros nomes a serem confirmados na equipe das Cabulosas é o de Vanessinha, artilheira do Campeonato Mineiro com cinco gols e autora de um golaço no último sábado, no Mineirão. Outra atleta que permanece no elenco celeste é a meio-campo Duda, líder na artilharia, com 20 gols desde o ano passado, seguida pela própria Vanessinha, que contabiliza 18 vezes em que a bola balançou as redes.

Com os seus 1,52m, a atleta de 23 anos é um dos destaques do elenco da Raposa. A pequena gigante Vanessinha nasceu em Leopoldo de Bulhões – GO, e também é a líder em assistências na equipe, com um total de 11 ações. Ela ainda é uma das atletas que mais atuou pelo Cruzeiro, com um total de 37 partidas desde 2019, quando o time feminino foi criado.

“É mais uma renovação, graças a Deus. Espero dar o meu melhor na próxima temporada, corresponder às expectativas que o Tchelo, a Bárbara (coordenadora do futebol feminino), e o torcedor cruzeirense tem sobre mim. Quero sempre estar fazendo gols, dando assistência, sempre procurar melhorar o individual e o coletivo, pois o grupo é o mais importante. Eu quis renovar com o Cruzeiro, pois é onde eu me senti bem, me sinto bem, me identifiquei muito e o clube significa demais pra mim. Espero dar o meu melhor sempre, para poder dar os títulos que o Cruzeiro merece. É muito gratificante vestir esta camisa”, ressaltou Vanessinha.

Maria Eduarda Ferreira Sampaio tem apenas 19 anos e além de brilhar na Raposa, é um dos grandes nomes da nova geração da seleção brasileira, com convocações frequentes para categorias de base e presença hoje na amarelinha sub-20. A mineira de Jequeri-MG falou da felicidade por vestir a camisa do Cruzeiro pelo terceiro ano.

“A expectativa para o ano que vem é muito boa. Acho que 2020 serviu muito como aprendizado. Tanto pelo lado da pandemia, com todas as dificuldades, e também foi nosso primeiro ano no Brasileiro, então pretendo levar tudo isso para 2021, como uma força. Agora nós já temos essa maturidade, sabemos o que é disputar um Brasileiro A1, o próprio Mineiro, que queríamos tanto o bicampeonato. Então meu primeiro pensamento, quando eu renovei, foi mostrar o que não fizemos neste ano. Eu vou para o meu terceiro ano seguido no Cruzeiro e tenho que agradecer muito à comissão técnica. E aproveitar a chegada do Tchelo, que tem pouco tempo que estamos trabalhando juntos, e usar tudo isso como crescimento”, afirmou Duda.

Duda também segue na Raposa em 2021 - Foto: Igor Sales