menu

12/10/2021 23:58

Cruzeiro domina o jogo, cria várias chances, mas fica no empate sem gols com o Botafogo

- Maikyson Coelho

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Na noite desta terça-feira, o torcedor cruzeirense que compareceu ao Independência, em Belo Horizonte, pôde ver um time aguerrido, ofensivo e que tentou até o último minuto o gol da vitória diante do Botafogo, em duelo válido pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Ao longo de toda a partida, a Raposa criou inúmeras chances, mas acabou parando em boas defesas do goleiro rival. Com isso, o jogo acabou mesmo em um empate sem gols. 

Agora, o próximo compromisso do Maior de Minas será apenas no dia 22 de outubro, contra o Avaí. A partida acontecerá às 21h30, na Ressacada, em Florianópolis. 

O jogo

Empurrando pelo canto da sua apaixonada torcida, o Cruzeiro começou o duelo se fazendo presente no campo ofensivo. Logo aos 2 minutos, Thiago recebeu dentro da área e ajeitou para Vitor Leque, que chegou chutando forte e acertou a parte externa da rede.

A Raposa teve outra grande chance aos 19 minutos, quando Rômulo cruzou para Thiago, que se antecipou à marcação e testou bonito, obrigando Diego Loureiro a fazer grande defesa para evitar o gol estrelado.  

Já aos 46 minutos, Giovanni arriscou de longe, o goleiro rival espalmou e Vitor Leque ficou com a sobra. O atacante girou e bateu, mas para longe, acima do travessão. 

Ao todo, no primeiro tempo, o Maior de Minas finalizou 12 vezes, contra nenhuma do adversário. 

Raposa criou muito durante o jogo - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

2º tempo

O Botafogo chegou pela primeira vez aos 9 minutos. Em cobrança de escanteio, Rafael Navarro subiu livre e testou firme. A bola quicou e Fábio voou para salvar o Cruzeiro, espalmando para longe. 

A resposta cruzeirense veio aos 16 minutos. Após lateral cobrado rapidamente, Giovanni recebeu e arriscou, de longe, para outra ótima defesa de Diego Loureiro. 

Dois minutos depois, Vitor Roque, de 16 anos e estreante da noite, recebeu na ponta direita e soltou a bomba, que passou à direita da trave do Clube carioca.

Aos 25 minutos, Rafael Sóbis também tentou de longe e, com um belo chute, fez Diego Loureiro saltar e espalmar para escanteio. 

No lance seguinte, Giovanni deu lindo passe para Adriano, que cruzou rasteiro. A zaga afastou mal e Brock ficou com a sobra, mas acabou finalizando para fora. 

Só dava Cruzeiro. Aos 35, Lucas Ventura arrematou de muito longe e acertou o cantinho, mas Loureiro novamente voou para espalmar.

Nos instantes finais, Keké foi acionado, dentro da área, e tentou mandar para o gol, mas a bola subiu muito e foi para fora. 

CRUZEIRO 0 X 0 BOTAFOGO
MOTIVO: 30ª RODADA - SÉRIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO
DATA: 12/10/2021 (TERÇA-FEIRA)
LOCAL: ARENA INDEPENDÊNCIA, BELO HORIZONTE (MG)
ÁRBITRO: DENIS DA SILVA RIBEIRO SERAFIM - AB (AL)
CRUZEIRO: FÁBIO; RÔMULO, LÉO SANTOS, EDUARDO BROCK E MATHEUS PEREIRA; LUCAS VENTURA, ADRIANO (MARCO ANTÔNIO) E GIOVANNI (CLAUDINHO); BRUNO JOSÉ (VITOR ROQUE) (KEKÉ), VITOR LEQUE (RAFAEL SÓBIS) E THIAGO.
TÉCNICO: VANDERLEI LUXEMBURGO
BOTAFOGO: DIEGO LOUREIRO; JONATHAN, CARLI, KANU E JONATHAN SILVA (CARLINHOS); BARRETO, PEDRO CASTRO, WARLEY (LUÍS OYAMA) E MARCO ANTÔNIO (DIEGO GONÇALVES); CHAY (LUIZ HENRIQUE) E RAFAEL NAVARRO (RAFAEL MOURA).
TÉCNICO: ENDERSON MOREIRA
CARTÕES AMARELOS: FÁBIO, GIOVANNI, EDUARDO BROCK, ADRIANO (CRUZEIRO); CARLI E CARLINHOS (BOTAFOGO)