menu

20/07/2018 17:21

Quebrando recordes, De Arrascaeta se diz orgulhoso por fazer história no Cruzeiro

Um dos maiores xodós da Nação Azul, De Arrascaeta jogo a jogo vem confirmando sua importância para a equipe de Mano Menezes. De quebra, o uruguaio aos poucos vai escrevendo seu nome na história do Cruzeiro, inigualável no futebol mineiro, dono de uma das camisas mais pesadas do futebol mundial.

Autor de um gol e uma assistência na vitória de 3 a 1 sobre o América-MG, na noite de ontem, o meia celeste se tornou o principal artilheiro da nova era do Mineirão, reinaugurado em fevereiro de 2013 após passar por reformas para a Copa do Mundo de 2014.

De Arrascaeta chegou aos 28 gols em 85 jogos no Gigante da Pampulha e superou Willian, que balançou as redes no estádio 27 vezes em 84 partidas. Do atual elenco celeste, Thiago Neves é outro que figura no Top 5, com 18 gols em 47 apresentações.

O uruguaio, que defendeu a seleção de seu país na última Copa do Mundo, na Rússia, também está prestes a se tornar o maior artilheiro estrangeiro da história do Clube. O posto, atualmente, é ocupado pelo boliviano Marcelo Moreno, que em suas duas passagens pela Toca da Raposa anotou 45 gols em 93 jogos. De Arrascaeta tem um gol a menos em suas 167 partidas com o manto estrelado e está empatado na vice-liderança com o espanhol Fernando Carazo.

Conhecido por seus gols decisivos e de categoria diferenciada, o uruguaio destacou que se sente orgulhoso por alcançar marcas expressivas em um clube da grandeza e representatividade do Cruzeiro.

“É importante para mim. Alegra a todos no Uruguai, minha família, meus companheiros. Escrever o nome na história do Clube e alcançar metas é algo muito importante. À medida em que passa o tempo vamos tendo noção do valor que isso tem”, celebrou o camisa 10 nesta sexta-feira, na Toca 2.

Nesta temporada, De Arrascaeta entrou em campo 27 vezes e marcou nove gols. Ele divide a artilharia celeste no ano com o meia Thiago Neves.

Maiores artilheiros do Cruzeiro no novo Mineirão (desde 2013):
1. De Arrascaeta – 28 gols (85 jogos)
2. Willian – 27 gols (84 jogos)
3. Ricardo Goulart – 22 gols (48 jogos)
4. Thiago Neves – 18 gols (47 jogos)
5. Dagoberto – 17 gols (42 jogos)

Maiores artilheiros estrangeiros da história do Cruzeiro:
1. Marcelo Moreno (Bolívia) – 45 gols (93 jogos)
2. Fernando Carazo (Espanha) – 44 gols (113 jogos)
    De Arrascaeta (Uruguai) – 44 gols (167 jogos)
4. Walter Montillo (Argentina) – 36 gols (122 jogos)
5. Víctor Aristizábal (Colômbia) – 28 gols (54 jogos)


Notícias Relacionadas