menu

29/07/2018 20:20

Invasão do bem: iniciativa mostra a importância da adoção de cães

Sabe qual situação de invasão de campo que geralmente provoca a simpatia dos torcedores, jogadores e da mídia? A entrada de cachorros no gramado durante os jogos. Eles acessam os campos de surpresa, interrompem as partidas e arrancam gargalhadas de todos os acompanhantes do jogo.

Utilizando desta temática, o Cruzeiro, o Estádio Mineirão, a Agência Popcorn Comunicação e a Ong Cãoviver apresentaram a “Invasão do Bem”, iniciativa que trouxe à tona a adoção de animais. O pontapé inicial da ação foi dado nesse domingo, no jogo entre a Raposa e o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro.

Um cachorro, devidamente treinado, “invadiu” o gramado do Mineirão durante o intervalo do jogo. O animal representou outros 30 milhões de bichinhos que vivem nas ruas do Brasil.

“Temos hoje milhares de cães pelo país à espera de um novo lar, todos eles querendo oferecer e receber carinho. Esperamos tocar o coração das pessoas com essa iniciativa, não só no sentido da adoção, mas também na conscientização a respeito de não abandonar os animais”, destacou Renê Salviano, Diretor de Marketing do Cruzeiro.

Atualmente, somente em Belo Horizonte, cerca de 28 mil animais não possuem um lar. Dentre esses dados, apenas um a cada dez cães conseguem encontrar uma família. Por isso, o Cruzeiro, o Mineirão e os parceiros decidiram levar essa causa para dentro dos gramados com a intenção de espalhar essa ação por todo o país.

Um dos principais espaços pet friendly de Belo Horizonte, o Mineirão reafirma sua empatia com a causa como um dos realizadores da Invasão do Bem. O estádio também foi pioneiro no Brasil em criar um espaço voltado para que os torcedores assistam às partidas com seus animais de estimação: a Arcãobancada. Ludmila Ximenes, Gerente de Comunicação e Relações Institucionais do estádio, chamou a atenção para o papel da instituição em difundir mais uma iniciativa social.

“O Mineirão está sempre aberto a projetos que visam a conscientização em prol do bem-estar da sociedade. Essas ações contribuem com a redução do número de animais abandonados. Sem contar que o cão traz alegria para o ambiente, tanto que o Mineirão vive a nossa Mascote, a Ginga, que é uma vira-latas adotada”, disse.


Escãolação

Além da invasão no gramado, outras ações deram força à campanha, como a “Escãolação” no início do jogo. Um time foi montado por cachorros que estão disponíveis para adoção. Fotos dos animais, nomes e números apareceram no telão do Mineirão, para despertar interesse nos torcedores.

Você pode conhecer mais sobre a ação e saber sobre os cachorros disponíveis para adoção no site da iniciativa: http://www.invasaodobem.com.br.