menu

Novembro Azul

É necessário falar sobre a prevenção e o combate ao câncer de próstata, torcedor. Em segundo lugar no ranking dos tumores que mais se manifestam nos homens, atrás apenas do de pele não melanoma, a patologia deve atingir mais de 68 mil pessoas no Brasil entre 2018 e 2019, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Ciente da importância da conscientização sobre a doença e do acompanhamento médico regular, o Cruzeiro abraça anualmente a campanha “Novembro Azul”.

Anomalia que atinge a próstata, órgão do sistema reprodutor masculino, o câncer não possui um fator específico para seu aparecimento, mas as chances do surgimento aumentam em caso de histórico da patologia em parentes de primeiro grau, como pai e irmãos, e hábitos de vida que não são saudáveis, como o tabagismo e uma alimentação rica em gordura.

Os casos de câncer de próstata são mais comuns em homens acima dos 40 anos de idade, com maior frequência nos que possuem mais de 65 anos, que respondem a cerca de 75% dos diagnósticos. Com a não manifestação de sintomas no início da doença, o exame é de extrema relevância, mas ainda enfrenta muitas barreiras e preconceitos para sua realização.