menu

20/06/2019 12:23

Robinho destaca importância da parada para a recuperação da equipe e faz avaliação do primeiro semestre celeste

- Alisson Guimarães

Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Na segunda-feira, dia 24 de junho, o elenco celeste se reapresenta para a intertemporada na Toca da Raposa 2. Na programação, diversas atividades para o time de Mano Menezes se preparar para uma pesada sequência de jogos, que já no mês de julho reserva clássicos contra Atlético-MG e River Plate em fases de mata-mata na Copa do Brasil e Conmebol Libertadores, respectivamente.

Um dos atletas mais experientes da equipe e referência técnica em campo, Robinho acredita que a parada de descanso de dez dias vem sendo fundamental para que o elenco cinco estrelas ganhe um fôlego antes de voltar ao trabalho.

“Vem sendo importantíssima a parada, principalmente para a nossa equipe, que deu uma caída nos meses de maio e junho. Foram muito complicados para o nosso time esses jogos sem vencer. Acho que esse descanso vai ser importante para recuperar alguns jogadores, para também depois voltarmos a treinar um pouco mais. Um tempo de sequência de treinamentos importante para o Mano escolher a equipe, trabalhar a parte física e técnica. Uma parada fundamental para voltarmos bem na sequência depois”, projeta.

Apesar da sequência recente sem vitórias e da momentânea posição ruim no Brasileirão, o meia avaliou como positivo o primeiro semestre cruzeirense. Além da conquista do título mineiro, o time celeste fez a segunda melhor campanha geral da fase de grupos da Conmebol Libertadores e também avançou às quartas de final da Copa do Brasil.

“Acho que foi bom. Claro que a gente gostaria de estar com uma pontuação melhor no Brasileiro, brigando entre os primeiros. Mas se vermos o que a gente fez, poucos times no Brasil neste ano foram campeões. A gente já tem um título, fomos primeiros no grupo na Libertadores, passamos na Copa do Brasil. Então os primeiros seis meses acho que foram muito bons. Claro, temos muitas correções a fazer para o segundo semestre. Mas, vamos retomar nosso caminho”, destacou.

No âmbito individual, Robinho alcançou neste ano uma importante marca pelo Clube, a de 150 jogos vestindo o manto estrelado, motivo de orgulho para o atleta que chegou ao Cruzeiro há exatos três anos.

“Importante, é um grande número de jogos. Estou aqui há três anos, cheguei aos 150 jogos. Tive um ano de 2017 horrível, com poucos jogos, mas consegui atingir esse número de partidas importante, em um clube como o Cruzeiro, multicampeão. Espero poder dar continuidade nessa minha história, com a quantidade de jogos aumentando cada vez mais e conquistando mais títulos”.

Meia chegou aos 150 jogos pelo Cruzeiro - Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro

Notícias Relacionadas