menu

26/08/2020 18:44

Atletas celestes lamentam despedida da Copa do Brasil e ressaltam foco da equipe no acesso à Série A do Brasileirão

- Lucas Leite

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Finalizado o jogo entre CRB e Cruzeiro, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, os jogadores cinco estrelas analisaram o empate da Raposa fora de casa por 1 a 1. O resultado não foi suficiente para que o Clube Celeste avançasse de fase na Copa do Brasil.

Volante cruzeirense, Ariel Cabral chamou a atenção para a luta da equipe em campo para buscar a vitória e lamentou a derrota sofrida para a agremiação alagoana no Mineirão, no primeiro jogo desta etapa do torneio nacional.

“A verdade é que nos dedicamos, tentamos e fizemos o primeiro gol. Infelizmente tivemos um lance de pênalti (em Maurício, não assinalado pelo árbitro), mas acredito que perdemos mesmo no primeiro jogo. Aqui a gente tentou, trabalhou, mas não deu”, disse.

“Jogamos com muita vontade e sacrifício. Temos que valorizar isso. O primeiro jogo que decidiu a classificação, mas os atletas estão de parabéns e temos muita coisa ainda pela frente”, complementou.

A determinação do plantel azul e branco dentro das quatro linhas também foi reforçada por Marco Antônio. Ele falou das oportunidades do Cruzeiro em balançar as redes e afirma que não há tempo para lamentação, visto que a Raposa volta a campo no próximo sábado, contra o América-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

“Acho que a gente construiu bem. Tivemos algumas chances, mas infelizmente, em nosso melhor momento do jogo, tivemos a parada e logo em seguida tomamos o gol. Agora é focar em nosso principal objetivo, que é o acesso à Série A. Creio que estamos no caminho certo. Infelizmente não veio o resultado, mas vida que segue, pois o Cruzeiro é muito grande e o que queremos é colocá-lo no lugar de onde ele nunca deveria ter saído”, citou.

Notícias Relacionadas