menu

28/10/2020 12:37

Em Campo Grande-MS, Sada Cruzeiro briga pelo tetracampeonato da Supercopa

- Da Assessoria do Sada Cruzeiro Vôlei

Foto: Agência i7/Sada Cruzeiro

O maior campeão da Supercopa entra em ação em busca de mais uma taça nesta sexta-feira, 30/10. Diante do EMS Taubaté Funvic no ginásio Guanandizão, em Campo Grande-MS, o clube celeste duela pelo troféu às 21h30, com transmissão do canal SporTV 2. Presente em todas as edições da competição criada em 2015, os cruzeirenses são tricampeões e viajam na manhã desta quinta, 29, em busca do quarto título.

A Supercopa surgiu para colocar frente a frente os campeões da Superliga e da Copa Brasil. E com o maior campeão do voleibol brasileiro faturando 38 títulos na última década, houve edições, como em 2018, em que a vaga na competição ficou com o vice de um dos torneios, já que o Sada Cruzeiro havia conquistado os dois. Em 2020, o time da Raposa chega como atual campeão da Copa Brasil depois do penta em janeiro, enquanto o Taubaté, liderava a última edição da Superliga quando ela foi interrompida, levou a segunda vaga.

Para o oposto Alan, que voltou para casa nesta temporada, será a oportunidade de repetir a conquista de 2015, quando ele faturou a Supercopa com a camisa celeste em Itapetininga.

“Em 2015 fui campeão com o Sada Cruzeiro e, no ano seguinte, eu estava machucado quando o time foi bicampeão em Fortaleza, não pude jogar e ainda hoje quero conseguir essa medalha. A Supercopa é uma competição muito importante do nosso calendário e vamos muito focados para mais essa decisão. Tivemos uma partida contra o Taubaté muito equilibrada na última semana, pelo Super Vôlei, mas sabemos que podemos melhorar muito”, comentou o camisa 1, que chegou ao bicampeonato da competição vestindo a camisa do Sesi-SP em 2018.

O último título do Sada Cruzeiro na Supercopa foi em 2017, em Fortaleza. Curiosamente, nas duas oportunidades em que a competição aconteceu em território mineiro, o time celeste ficou com o vice-campeonato. Agora, jogando no Mato Grosso do Sul, os cruzeirenses querem voltar a vencer e mostrar que seguem crescendo neste início de 2020/21.

“As parciais da nossa partida pelo Super Vôlei foram bem coladas, mostrando que detalhes que decidiram o jogo. Já estudamos isso e voltamos a treinar bem forte para que não volte a acontecer. Tenho certeza de que vamos conseguir entrar bem concentrados em Campo Grande, diminuir nossos erros e conseguir os pontinhos que faltaram aqui para buscar a nova vitória”, concluiu Alan.

Em menos de 15 dias, esta será a terceira partida do time estrelado valendo um troféu. No último dia 17, o Sada Cruzeiro foi campeão mineiro diante do Minas Tênis Clube. Uma semana mais tarde, ficou com a prata na disputa do Troféu Super Vôlei contra o mesmo adversário desta sexta, o Taubaté. E descansar segue fora dos planos cruzeirenses: depois da Supercopa, a equipe embarca direto para Guarulhos, onde estreia na Superliga neste domingo, 1º de novembro, diante do Vedacit Vôlei Guarulhos.

Sada Cruzeiro na Supercopa

2015 – Campeão em Itapetininga-SP – Sada Cruzeiro 3 x 0 EMS Taubaté Funvic

2016 – Bicampeão em Fortaleza-CE – Sada Cruzeiro 3 x 1 Vôlei Brasil Kirin

2017 – Tricampeão em Fortaleza-CE – Sada Cruzeiro 3 x 1 EMS Taubaté Funvic

2018 – Vice-campeão em Belo Horizonte-MG – Sada Cruzeiro 0 x 3 Sesi-SP

2019 – Vice-campeão em Uberlândia-MG – Sada Cruzeiro 1 x 3 EMS Taubaté Funvic 

Notícias Relacionadas