menu

24/12/2020 09:35

Departamento de futebol de base comemora bons números no controle da Covid-19

- Rodolfo Rodrigues

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Recipientes com álcool, placas de orientação, distanciamento social e uso de máscaras. Essa é a nova rotina no Centro de Formação Felício Brandi, desde o mês de agosto quando os atletas da base celeste retornaram para as atividades. Nesta semana, as jovens promessas estreladas foram liberadas para o recesso de fim de ano.

De agosto até dezembro, foram realizados 1.679 exames de Covid-19 nos atletas, incluindo os de avaliação. Apenas 13 foram contaminados com a doença, sendo que três estavam em casa e não se apresentaram. Segundo o coordenador clínico, doutor Frederico Araújo, o Cruzeiro conseguiu controlar bem os números de contágio nas dependências da Toca da Raposa 1.

“Chegamos ao final da temporada nas divisões de base com a certeza de que executamos bem o planejamento traçado e hoje, após a dispensa para o recesso dos atletas, podemos afirmar que o Cruzeiro foi um dos clubes do país com menor número de contágio. Ainda teremos um longo período até que se estabeleça um controle da pandemia, mas provamos que é possível desenvolver as atividades do futebol com segurança para atletas e pessoas envolvidas”, comemorou.

Diretor executivo das categorias de base, Gustavo Ferreira ressalta a importância do trabalho feito por todos os profissionais do Cruzeiro nos cuidados com os atletas.

"Nosso departamento médico fez um trabalho extraordinário, o protocolo criado certamente é um case de sucesso a ser estudado em todo o país. Os atletas foram assistidos desde o momento que estavam em suas casas até translado para o clube. É importante salientar também o trabalho de conscientização nos cuidados a serem tomados pelos nossos médicos e enfermeiro, que juntamente com as equipes de assistência social, psicologia e pedagogia deram toda a assistência aos atletas e familiares durante a estadia deles no Centro de Formação Felício Brandi”, comentou.

“Neste período, por exemplo, foi disponibilizado um cabelereiro para que os meninos não precisassem sair da Toca nem mesmo para cortar o cabelo. Os monitores ficavam encarregados da compra de produtos de higiene e uso pessoal dos atletas. O sucesso no controle do Covid só foi possível graças ao empenho de todos os colaboradores e atletas, além da excelência dos nossos profissionais de medicina. Isso demonstra um Cruzeiro forte que vem se reestruturando internamente e que muito em breve voltará a dar alegrias ao seu torcedor”, completou.

Retorno das atividades

O departamento médico cinco estrelas já fez o planejamento para o retorno dos atletas, após o recesso de fim de ano. Supervisor médico da Raposa, dr. Tiago Baumfeld revelou que o Clube terá protocolos ainda mais rigorosos até a chegada da vacina.

“A preparação do Cruzeiro Esporte Clube para a temporada 2021, vem com protocolos mais otimizados pensando na segurança dos nossos atletas, seus familiares e nossos funcionários. Este ano foi desafiador, mas nos proporcionou criar e desenvolver protocolos muito seguros para o controle da Covid na Toca 1”, citou.

“No próximo ano, todo aprendizado adquirido será utilizado para usarmos os protocolos mais modernos e mais seguros no que tange a controle da Covid-19 no Brasil e no mundo. Podemos dar certeza de que o Cruzeiro na temporada 2021 será um ambiente seguro para a prática do futebol, com segurança para que os trabalhos sejam desenvolvidos no controle do vírus até a chegada da vacina”, finalizou. 

Atletas realizaram exames regularmente - Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Notícias Relacionadas